Maratona Literária 2.0: dia 2 e 3

São dois dias de maratona em um post, me desculpem, mas ontem foi impossível fazer alguma coisa… está sendo uma corrida contra o tempo e era vir escrever o post ou ler mais um pouco, decidi ler mais um pouco pra compensar o desastre que foi no primeiro dia. Aproveitando a sessão de desculpas… Gente, eu sei que pode ser meio sem graça uma semana monotemática, mas segurem firme que semana que vem vai ter mais novidade 😉 .

Dia 2:

Ainda com o Sou louco por você, a coisa começa a desenrolar e meu interesse aumentou (Graças a Deus!), tenho lá minhas ressalvas, mas é bom kkk…

Páginas lidas no dia: 120

Páginas lidas no total: 160

Dia 3:

O drama “ainda não terminei nem o primeiro livro da meta” continua e vai se estender por pelo menos mais um dia, mas não tem problema por que no fim de semana terei todo tempo livre que eu precisar, então ainda que eu estivesse lendo uma página por dia as coisas estariam seguras, haha… E o livro continua legal, mas é tão difícil ter que segurar os detalhes para a resenha!

Páginas lidas no dia: 100

Páginas lidas no total: 260

Meta: 1072

Falta: 812

É isso!  Prevejo que sábado e domingo em época de maratona pra mim será sinônimo de ficar enfurnada no quarto, lendo muito pra compensar os outros dias da semana. Quem eu estou querendo enganar? Sábado e Domingo em qualquer época pra mim é sinônimo de ficar enfurnada no quarto, lendo muito pra compensar os outros dias da semana, kkk…

Maratona Literária 2.0: dia 1

Parte da maratona é vir aqui e compartilhar como está sendo o meu desempenho, o post é pequenininho por que não se tem muito o que dizer. Mas, como contar que hoje foi um fiasco? Haha, acho que acabei de contar! Foi um fiasco dos bem grandes, não tive tempo pra nada e estou toda enrolada.

capa sou louco por vc

Escolhi como primeiro livro o Sou louco por você, por achar que estava num clima mais romântico, triste engano! Depois de começar a leitura percebi que queria outro, haha. Mas, dei continuidade e ainda estou na página 40, que vergonha! Vou ter que ralar para alcançar a meta, já que dei vacilo logo no primeiro dia. Eu deveria ter lido pelo menos 154 páginas, ou seja, mais de 100 páginas de atraso 😦 .

O que eu estou achando do livro até agora? Bom, eu já conheço a estória, ele é continuação do Três metros acima do céu (que eu ainda não li por que é carinho, nunca entra na promoção e eu sou pão-dura, haha), tem adaptação dos dois livros, talvez eu faça resenha dos filmes aqui também… O lance é que eu amei os filmes, então espero que o livro seja bom, até o presente momento está tranquilo, 40 páginas não dá pra ter certeza de nada, né? kkk.

Meta: 1072

Falta: 1032

O desafio de hoje foi no Leiturinhas e vai até as 10:00 da manhã do dia 14/01, eu já fiz o meu e foi muito divertido, não deixem de participar.

Top 5: Os últimos livros de série mais esperados

Todo mundo adora uma boa saga, né? Aquela sensação de que ainda tem mais daquela estória que você quer que não acabe nunca. Pois é, saber que tem mais é ótimo, mas e a espera? Isso acaba com a gente. Quando termino de ler um livro e não tenho a continuação, é uma desolação sem fim, haha… Acho que a série que mais me deixou mal por causa disso foi a “Feios”, de Scott Westerfeld, eu sonhava todos os dias com o final perfeito, odiava a editora que não lançava logo meu livrinho tão esperado, mas o pior foi que quando lançou, eu não tinha dinheiro, kkkk… muita sacanagem, pensei em Especiais ( não dei a minima para Extras, nem considero com livro final da série) durante cada segundo que me aproximou da compra.

A princípio a ideia era fazer um top com continuações de séries que eu mal posso esperar pra ter em mãos, mas é muita coisa minha gente! Tive que dar um jeito de filtrar e bom… aqui está o top 5 de livros que finalizam uma série e ainda não foram lançados no Brasil, para o nosso azar. Vamos lá?

top5

 

1 – Convergente: Uma Chicago futurista que divide a sociedade em 5 facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e cada jovem ao completar 16 anos tem que escolher a qual facção querem pertencer, o que mais falar da série Divergente? Tem potencial pra ser a próxima queridinha, seguindo a deixa de Jogos Vorazes, mas eu não me importo com isso, a verdade é soltaram um spoiler monstro e eu fiquei tipo “Preciso ler isso agora!!! Arrancando os cabelos em 3, 2, 1…”.

2 – Champion: Com essa onda de distopias, os autores se empolgaram e mergulharam no gênero, rolou muita coisa boa, mas em meio a tantos livros parecidos muitos não receberam o destaque que mereciam, e este é um deles. A série Legend se passa em Los Angeles, na República da América que vive em guerra, onde vivem Day – um rapaz de opinião, que luta pelos seus direitos – e June – a garota prodígio, queridinha da República -, uma dupla improvável, mas as situações os unem.

3 – A Escolha: Maxon vs. Aspen, quem não aguenta mais essa palhaçada levanta a mão! \o/ Haha… América – a protagonista – é a pessoa mais indecisa de todos os tempos, vai te irritar pra caramba, mas ainda assim é legal. O país é Illéa, a sociedade é dividida em castas e para dar ao povo um pouco de esperança todas as moças com idade entre 16 e 20 têm a chance de se casar com o futuro rei, são selecionadas 35 garotas que vão para o palácio e que comece a disputa pelo coração do príncipe.

4 – Requiem: O amor é a pior doença, todos que completam 18 anos são submetidos a uma cirurgia para que nunca sofram de “amor deliria nervosa”. Esta é uma série que me conquistou primeiro pela capa e depois todo o resto me deixou empolgada, apesar da personagem principal ser bem sem sal, o enredo é interessante, não é previsível, vale a pena.

5 – Ignite me: Estava uma loucura aqui para decidir quem ocuparia o 5º lugar, a disputa ficou acirrada entre 3, mas quando eu olhei para esta capa não teve jeito, como não se apaixonar por essa coisa linda? Só avisando que as capas da série aqui no brasil são uma m*rda, totalmente diferente. Quanto ao livro, já vi gente que adorou, gente que odiou, falam da protagonista, falam da escrita da autora, eu sei que gostei e muito! Amei a escrita da Tahereh Mafi, nunca tinha lido nada parecido. Não sou exatamente a maior fã da principal, mas ela é digerível, chegando a ser até fofinha em alguns momentos, já vi piores, haha… Juliette foi presa por ter matado acidentalmente com o poder do seu toque fatal. O mundo está um caos, fome, guerra, com uma arma como essa em mãos, o que o governo faria? Usaria, dã! Tem triangulo amoroso: o mocinho, a protagonista e o vilão, tem cenas x-men, tem personagem engraçado, é bem legal.

 

Não sei se vocês percebem, mas esta lista foi monopolizada pelas distopias, vê se pode? Eu estou muito distópica, nem tinha percebido que a coisa estava nesse nível. Quero fazer outras listas com outros temas, por que foi muito divertido.  Espero que vocês curtam tanto quanto eu.

Por quais finais de série você já não aguentam mais esperar? Contem tudo nos comentários.

 

 

Indicação: The Lizzie Bennet Diaries

PIXECT-20131229101537

Hoje venho aqui para apresentar uma websérie muito legal e pra quem já ouviu falar dela, mas ainda não assistiu, o post serve como uma segunda chamada, haha .

The Lizzie Bennet Diaries é uma adaptação moderna do livro Orgulho e Preconceito da Jane Austen. É um vlog, onde a Lizzie narra os fatos de forma muito divertida e tem participação de grande parte dos personagens, incluindo o Sr. Darcy (!!!). Eu acredito que vocês já conheçam o enredo do livro (caso não conheça é só conferir a sinopse no skoob), e devem estar se perguntando como elas conseguiram trazer para os dias de hoje acontecimentos que foram escritos em 1797, bom… elas fazem isso muito bem, vá sem medo, é surpreendente, criaram até twitter para os personagens! Hoje em dia elas não usam mais por que já tem um tempinho que encerraram a web série, mas ainda assim, foi tudo muito criativo.

A ordem cronológica dos eventos e as características dos personagens são bem fiéis ao livro. No total a série é composta por 100 vídeos, todos curtinhos e muito viciantes, quando eu assisti já tinha sido encerrada e todos os episódios estavam disponíveis e legendados, nem quero imaginar a tortura que foi pra quem acompanhou desde o princípio, depois que começa é impossível parar antes de saber como termina. Não façam como eu que fiquei adiando, deem a chance pelo menos ao primeiro ep. por que vale a pena.

Além do vlog da Lizzie tem o da Lydia, que é uma das irmãs Bennets.

Orgulho e preconceito não foi o único livro da Jane Austen adaptado através de vlog, a obra Emma é base para a websérie Emma approved (está disponível legendada aqui, no mesmo canal que o The Lizzie Bennet Diaries), que ainda está no episódio 24, então dá pra acompanhar direitinho, mas eu estou esperando para conferir quando estiver completa, não aguento ver só 5/6 minutinhos de cada vez, haha.

Para conferir o canal original clique aqui.

Para conferir legendado clique aqui.

Lembrando que às vezes a legenda precisa ser ativada no canto inferior direito do player de vídeo. 😉

Episódio nº 01:

Top 10 – 2013

Ai gente, eu sei que já tem uma semana que o ano passado acabou, mas não consegui terminar esse post antes, eu odeio escolher meus preferidos, é aquela dor no coração, pensamentos a mil, será que os outro não ficarão com ciúmes? Cogitei não terminar o post, mas uma hora ou outra eu ia ter que fazer algo assim, então vamos acabar logo com o sofrimento!

Em 2013 li 109 livros, o que para uma pessoa que trabalha e faz faculdade é um número surreal, nunca pensei que fosse chegar a tanto, então eu estou meio que “Yupi!!! Parabéns pra mim!”, haha. Eu tenho uma pasta no meu celular e a cada mês eu abro um novo bloco de notas e vou registrando as leituras, então apresento a vocês meus números:

Janeiro: 9 livros                                                               Julho: 7 livros

Fevereiro: 26 livros                                                          Agosto: 10 livros

Março: 13 livros                                                              Setembro: 5 livros

Abril: 9 livros                                                                   Outubro: 6 livros

Maio: 11 livros                                                                 Novembro: 2 livros

Junho: 7 livros                                                                 Dezembro: 4 livros

Tenho certeza que o pensamento ao ver Fevereiro foi “Que é isso? Louca, sem vida social, dona de gatos!” Haha…  Gente, pega leve, eu aproveitei o carnaval pra ler muito, uma vez que eu não curto a festa, sem contar que nesse número está inclusa a série “Como treinar o seu dragão” (composta por 7 livros até a data da leitura em questão) e vamos combinar que dá pra ler tudo em um dia, na verdade não dá não!. Se não consegui nem ME convencer de que essa leitura toda é coisa de gente normal, com certeza não tem chances de convencer vocês, então vamos seguir em frente.

Para que o post não fique muito grande, eu não vou colocar a sinopse, mas é só clicar título do livro que você será direcionado para a página dele no Skoob. Se vocês preferirem do outra forma, por favor, não esqueça de dizer nos comentários, cada opinião é muito importante!

Poucos ou muitos livros, vamos ao que interessa, o Top 10:

a_saga_otori__o_piso_rouxinol_1231280023p

1 – Laranja mecânica: Esse foi um presente de aniversário que recebi em Julho de 2012, eu tentei ler, mas não vingou e como não gosto muito de leitura forçada, deixei para depois, enrolei até Agosto de 2013, mas ainda bem que esperei esse tempo todo, por que dessa vez a coisa fluiu e eu adorei.

2 – Extraordinário: Nem precisa falar desse livro, né? Um tapa na cara de um monte de gente, me fez refletir muito. Se ainda há um ser que se declara leitor e ainda não leu esse livro, eu tenho um recedo pra você: “Toma vergonha na cara!”

3 – O circo da noite: Divisor de opiniões é como eu o defino, faz o tipo “me ame ou me odeie” e eu amei! Nem vou entrar no mérito de dizer que eu já fiz parte do meio circense e que por isso tenho uma tendência a gostar de livro sobre circo, mas que esse fato deixou a coisa meio injusta pro lado dos outros competidores, deixou sim.

4 – Quem é você Alasca?: Tem John Green na lista, mas não é com A culpa é das estrelas (que eu li em 2012). O livro é engraçado e profundo, essa é uma característica marcante do autor pra mim, conseguir ser profundo, mas ainda manter a coisa descontraída. Deus sabe como eu fico depois de um drama e os do John conseguiram passe livre. Quero a edição com a outra capa que é muito mais bonita, não acham?

5 – A tormenta das espadas: Só o terceiro livro de As crônicas de gelo e fogo entrou no top por que foi o único da série que eu li ano passado, #shameonme.

top 10

6 – Métrica – Slammed: É um drama, não chegou a me fazer chorar, mas isso não desmerece o livro de forma alguma, ele é emocionante, divertido e tem Slam, precisa de mais? Tem Slam!

7 – O teorema Katherine: Mais John Green! Eu amo esse autor, de verdade. Mesmo os personagens dele tendo as mesmas características, eu não consigo deixar de amar, não sei quando vou cansar da fórmula de personalidade que ele segue, mas espero, ao menos, uma tentativa de saída da zona de conforto. O livro é fofo e muito divertido.

8 – Como dizer adeus em robô: Muita esquisitice pra um livro só, me identifico, haha… MUITO! Foi bem diferente do que eu imaginava e aposto que é bem diferente do que você imagina.

9 – Caminhos de sangue: Muita gente criticou a forma como a autora escrevia, errado de propósito, para simular a pronúncia exata dos personagens, e bom… eu não me incomodei nem um pouco, totalmente pelo contrário, adoro quando o autor ousa e experimenta com a linguagem.

10 – As virgens suicidas: Pra conseguir esse bonito no sebo, eu tive que me desfazer de vários não-tão-queridos. Ta aqui no top 10 pra mostrar que no combate qualidade vs. quantidade, a qualidade dá de 10 x 0. Não precisa nem perguntar se valeu a pena, né?

Um prazer falar sobre quais foram os mais legais de 2013 pra mim, mas quais foram o de vocês? Contem, contem! Quero muito saber.