Top 10 – 2013

Ai gente, eu sei que já tem uma semana que o ano passado acabou, mas não consegui terminar esse post antes, eu odeio escolher meus preferidos, é aquela dor no coração, pensamentos a mil, será que os outro não ficarão com ciúmes? Cogitei não terminar o post, mas uma hora ou outra eu ia ter que fazer algo assim, então vamos acabar logo com o sofrimento!

Em 2013 li 109 livros, o que para uma pessoa que trabalha e faz faculdade é um número surreal, nunca pensei que fosse chegar a tanto, então eu estou meio que “Yupi!!! Parabéns pra mim!”, haha. Eu tenho uma pasta no meu celular e a cada mês eu abro um novo bloco de notas e vou registrando as leituras, então apresento a vocês meus números:

Janeiro: 9 livros                                                               Julho: 7 livros

Fevereiro: 26 livros                                                          Agosto: 10 livros

Março: 13 livros                                                              Setembro: 5 livros

Abril: 9 livros                                                                   Outubro: 6 livros

Maio: 11 livros                                                                 Novembro: 2 livros

Junho: 7 livros                                                                 Dezembro: 4 livros

Tenho certeza que o pensamento ao ver Fevereiro foi “Que é isso? Louca, sem vida social, dona de gatos!” Haha…  Gente, pega leve, eu aproveitei o carnaval pra ler muito, uma vez que eu não curto a festa, sem contar que nesse número está inclusa a série “Como treinar o seu dragão” (composta por 7 livros até a data da leitura em questão) e vamos combinar que dá pra ler tudo em um dia, na verdade não dá não!. Se não consegui nem ME convencer de que essa leitura toda é coisa de gente normal, com certeza não tem chances de convencer vocês, então vamos seguir em frente.

Para que o post não fique muito grande, eu não vou colocar a sinopse, mas é só clicar título do livro que você será direcionado para a página dele no Skoob. Se vocês preferirem do outra forma, por favor, não esqueça de dizer nos comentários, cada opinião é muito importante!

Poucos ou muitos livros, vamos ao que interessa, o Top 10:

a_saga_otori__o_piso_rouxinol_1231280023p

1 – Laranja mecânica: Esse foi um presente de aniversário que recebi em Julho de 2012, eu tentei ler, mas não vingou e como não gosto muito de leitura forçada, deixei para depois, enrolei até Agosto de 2013, mas ainda bem que esperei esse tempo todo, por que dessa vez a coisa fluiu e eu adorei.

2 – Extraordinário: Nem precisa falar desse livro, né? Um tapa na cara de um monte de gente, me fez refletir muito. Se ainda há um ser que se declara leitor e ainda não leu esse livro, eu tenho um recedo pra você: “Toma vergonha na cara!”

3 – O circo da noite: Divisor de opiniões é como eu o defino, faz o tipo “me ame ou me odeie” e eu amei! Nem vou entrar no mérito de dizer que eu já fiz parte do meio circense e que por isso tenho uma tendência a gostar de livro sobre circo, mas que esse fato deixou a coisa meio injusta pro lado dos outros competidores, deixou sim.

4 – Quem é você Alasca?: Tem John Green na lista, mas não é com A culpa é das estrelas (que eu li em 2012). O livro é engraçado e profundo, essa é uma característica marcante do autor pra mim, conseguir ser profundo, mas ainda manter a coisa descontraída. Deus sabe como eu fico depois de um drama e os do John conseguiram passe livre. Quero a edição com a outra capa que é muito mais bonita, não acham?

5 – A tormenta das espadas: Só o terceiro livro de As crônicas de gelo e fogo entrou no top por que foi o único da série que eu li ano passado, #shameonme.

top 10

6 – Métrica – Slammed: É um drama, não chegou a me fazer chorar, mas isso não desmerece o livro de forma alguma, ele é emocionante, divertido e tem Slam, precisa de mais? Tem Slam!

7 – O teorema Katherine: Mais John Green! Eu amo esse autor, de verdade. Mesmo os personagens dele tendo as mesmas características, eu não consigo deixar de amar, não sei quando vou cansar da fórmula de personalidade que ele segue, mas espero, ao menos, uma tentativa de saída da zona de conforto. O livro é fofo e muito divertido.

8 – Como dizer adeus em robô: Muita esquisitice pra um livro só, me identifico, haha… MUITO! Foi bem diferente do que eu imaginava e aposto que é bem diferente do que você imagina.

9 – Caminhos de sangue: Muita gente criticou a forma como a autora escrevia, errado de propósito, para simular a pronúncia exata dos personagens, e bom… eu não me incomodei nem um pouco, totalmente pelo contrário, adoro quando o autor ousa e experimenta com a linguagem.

10 – As virgens suicidas: Pra conseguir esse bonito no sebo, eu tive que me desfazer de vários não-tão-queridos. Ta aqui no top 10 pra mostrar que no combate qualidade vs. quantidade, a qualidade dá de 10 x 0. Não precisa nem perguntar se valeu a pena, né?

Um prazer falar sobre quais foram os mais legais de 2013 pra mim, mas quais foram o de vocês? Contem, contem! Quero muito saber.

Anúncios

Maratona Literária 2.0

Maratona-2.0

Olá!

Já ouviram falar da Maratona Literária? Caso a resposta seja não, não tem problema, no blog que hospeda as inscrições tem todos os detalhes, mas vou explicar um pouquinho.

Em Julho aconteceu a primeira maratona aqui no Brasil, que é baseada numa de um blog do exterior, acontece duas vezes no ano e dura uma semana. A intenção é ler mais do que o usual, se você tem o costume de 50 páginas por dia, coloque, de acordo com os seus critérios, um valor maior como meta. Cada leitor/blogueiro participante que define sua própria meta. Além de ler, a ideia é compartilhar a evolução através de boletins diários ou algo mais informal no seu blog, twitter (MaratonaLit) ou facebook (Maratona Literária). Os blogs organizadores ainda irão propor uma tarefa diferente, valendo prêmios, a cada dia, de acordo com o calendário:

13/01 – Leiturinhas
14/01 – Bookeando
15/01 – Por Essas Páginas
16/01 – Garota It
17/01 – Café com Blá Blá Blá
18/01 – Psychobooks

E no final de tudo ainda terá um concurso cultural por um super kit!

A minha meta é bem menor do que eu gostaria, mas como eu trabalho o dia todo vou ter que me contentar com isso, os livros são:

A-Canção-de-Aquiles-Ilíada-de-Homero-Madeline-Millercapa sou louco por vcA_SAGA_OTORI__O_PISO_ROUXINOL_1231280023P

Total de páginas: 1072

É isso aí, já estão participando? Vão participar? Estarei registrando meu desempenho aqui no blog, mal posso esperar 😛

As informações completas podem ser encontradas neste post do blog Café com Blá Blá Blá.

Se inscreva aqui.

Lançamentos do mês: Editora Intrínseca

A Editora Intrínseca deixou todo mundo louco com os lançamentos desse mês, vamos conferir? Primeiro as capas, depois as sinopses e por último meus comentários sobre os que chamaram a minha atenção.

Estante-janeiro

A menina que roubava livros, de Markus Zusak:  O livro ganhou edição especial com capa inspirada no pôster da adaptação cinematográfica. Na obra, a vida de Liesel Meminger é contada pela Morte, uma narradora mórbida, porém surpreendentemente simpática, que acompanha os passos da menina de 1939 a 1943.
Liesel foi enviada pela mãe para uma cidade alemã na tentativa de salvá-la dos nazistas, que a perseguiam. A menina é adotada por um casal alemão numa cidadezinha perto de Munique e lá Liesel recomeça a vida, aprende a ler com o pai adotivo, ajuda a esconder um judeu no porão de casa e aprende o valor das histórias. Em A menina que roubava livros, o leitor entra em contato com medo, coragem, crueldade e generosidade que fascinam a humanidade.

A garota que você deixou para trás, de Jojo Moyes: Convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, um pintor francês se vê obrigado a se separar da esposa, Sophie. Sentindo-se sozinha e vivendo em sua pequena cidade natal, agora ocupada por soldados alemães, ela se apega a uma lembrança deixada pelo marido, um retrato dela mesma, pintado por ele. A obra chama a atenção do novo comandante alemão, e Sophie resolve arriscar tudo na esperança de rever o grande amor, feito prisioneiro de guerra.
Em Londres, quase um século depois, a jovem viúva Liv Halston mora sozinha numa moderna casa, onde um retrato de uma bela jovem, presente do marido pouco antes de sua morte prematura, está pendurado na parede. O quadro a mantém ligada ao passado. Quando Liv decide retomar sua vida, um encontro inesperado revela o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Ao mergulhar na história da moça do quadro, Liv vê, mais uma vez, a própria vida virar de cabeça para baixo.
A garota que você deixou para trás alterna as alegrias e as tristezas das grandes histórias de amor.

A estrela que nunca vai se apagar, de Esther, Lori e Wayne Earl: Esther Grace Earl sonhava em ser escritora. A garota que inspirou John Green a escrever de A culpa é das estrelas, perdeu a batalha contra o câncer em 2010, aos 16 anos, e terá sua história contada com suas próprias palavras no livro A estrela que nunca vai se apagar.
Com introdução de John Green, além de anotações dos pais, dos irmãos e dos amigos de Esther, o livro reúne fotos, ilustrações, cartas e a reprodução de parte do diário da jovem.  Segundo Wayne, a filha começou a criar histórias aos cinco anos e nunca mais parou. Esther encarou as dificuldades da doença que abreviou seus dias com muita doçura e bom humor. Com vídeos divertidos em seu canal no YouTube, o cookie4monster4, ela conquistou amizades a muitos quilômetros de distância, encantando milhares de pessoas com seu carisma e o sorriso com covinhas. Inclui-se aí o amigo mais famoso, que dedicou a ela o livro A culpa é das estrelas, publicado em mais de 30 países.

Salinger, de David Shields e Shane Salerno: Autor do grande sucesso O apanhador no campo de centeio, Salinger sempre será lembrado e respeitado por muitas pessoas. Afinal, ele influenciou inúmeras gerações de novos leitores. Ao longo de nove anos, Shane Salerno e David Shields entrevistaram mais de duzentas pessoas ligadas a Salinger (amigos, amantes, editores e conselheiros espirituais, entre outros) para reunir relatos reveladores sobre a vida do escritor, cujo desejo de privacidade e reclusão era notório. Parte do material incluído na biografia é inédita, como fotos de Salinger durante a Segunda Guerra Mundial, imagens de possíveis inspirações de seus personagens e trechos de cartas e contos nunca publicados.

 Homeland – como tudo começou, de Andrew Kaplan: Após escapar de uma emboscada durante um encontro clandestino no Líbano, a oficial de operações da CIA Carrie Mathison é informada sobre um iminente ataque terrorista aos Estados Unidos. Impedida de investigar o caso depois de uma discussão acalorada com seu chefe direto, ela é mandada de volta à sede da agência, em Langley, Virgínia.
Com o firme propósito de impedir uma catástrofe, Carrie segue com a investigação de forma independente, muitas vezes contrariando ordens expressas de seus superiores. Atrás de provas que conectem o possível ataque ao líder da Al-Qaeda no Iraque, ela precisará arriscar a carreira e até mesmo a vida para descobrir a verdade. Com a mesma dose de suspense e as intrincadas reviravoltas que fizeram de Homeland uma série campeã de audiência, o livro revela a história pregressa de seus principais personagens e conduz o leitor ao interior da mente de sua brilhante espiã.

O Código Bro, de Barney Stinson: A obra é um companion book da famosa série de TV How I Met Your Mother, que estreou no dia 02 de janeiro na Band com o título Como Conheci Sua Mãe. Quem assina o canal fechado Fox também pode acompanhar o programa, e todas as temporadas completas estão disponíveis na Netflix. Com 18 prêmios no currículo, um perfil oficial no Twitter com mais de 500 mil seguidores e mais de 24 milhões de curtidas em sua fan page, a série é um sucesso de público e crítica.
O Código Bro é uma espécie de bíblia escrita pelo personagem Barney Stinson, que apresenta um verdadeiro código de conduta para que o leitor se transforme em um “Bro”. O livro ensina algumas soluções para problemas cotidianos, como ter casos de uma noite só, levar sempre a quantidade certa de bebida para uma festa ou fingir um profundo conhecimento de esportes e mecânica, entre outras habilidades incríveis e muito úteis para quem pretende ser um membro da “confraria masculina”.

Muita coisa boa! Eu quero comprar um exemplar de “A menina que roubava livros”, mas eu não gosto de edições com capa de filme, parece que você só interessou pelo livro por causa do filme e na maioria das vezes o filme nem faz jus ao livro. Sou chata e sei disso, haha.

Apesar de ter uma certa aversão a biografias, eu fiquei curiosa pela do Salinger. Li “O apanhador no campo de centeio” quando era mais nova e lembro de ter gostado muito.

O que dizer de “A Garota que você deixou para trás”? Eu ainda não li “Como eu era antes de você” da mesma autora, mas os dois parecem ter a mesma vibe, de tristeza e drama, vou acabar comprando os dois juntos, lendo seguidos e entrando em depressão.

E por último, aquele que eu acredito ser o mais esperado “A estrela que nunca vai se acabar”, por causa do John Green todos queremos ler o que essa garota escreveu, mas tenho muito medo de me decepcionar, espero de verdade que a escrita seja boa por que o enredo tem tudo pra emocionar.

Lançamentos do mês: Novo Conceito

A Editora Novo Conceito divulgou os títulos que serão lançados ao decorrer do mês de Janeiro, aqui você confere as capas e sinopses:

9788581632728 novo conceito 012014.jpg.170x230_q85_crop9788581632766 novo conceito 012014.jpg.170x230_q85_cropa-cidade-dos-segredos novo conceito 012014.jpg.170x230_q85_crop

 o-mundo-pelos-olhos-de-bob novo conceito 012014.jpg.170x230_q85_crop quando-eu-era-joe novo conceito 012014.jpg.170x230_q85_cropsociedade-dos-meninos-genios_1 novo conceito 012014.jpg.1000x1353_q85_crop

Noites italianas, de Kate Holden: Quando Kate decidiu abandonar seu passado, em Melbourne, e começar uma jornada para dentro de si mesma, foi para um país reconhecidamente romântico. Enquanto se encantava com as ruínas de Roma e as praças de Nápoles, esperava encontrar — em ruas estrangeiras — sua verdade pessoal. Mas a peregrinação de Kate exigiu coragem. Encontrar o verdadeiro amor ou, quem sabe, perder-se para sempre de maneira a não ter mais qualquer chance de resgate foram possibilidades reais na Itália… Especialmente para alguém que estava acostumada a viver entre as vielas da escuridão. Em um romântico, mas estranho país, com muitos — alguns bem significativos — casos de amor, e mais algumas noites de sexo sem compromisso, ela vai se perguntar se é, verdadeiramente, um espírito livre, ou uma atriz que decorou tão bem o seu papel de mulher sedutora que já não consegue desvencilhar-se dele…
Em um romântico, mas estranho país, com muitos — alguns bem significativos — casos de amor, e mais algumas noites de sexo sem compromisso, ela vai se perguntar se é, verdadeiramente, um espírito livre, ou uma atriz que decorou tão bem o seu papel de mulher sedutora que já não consegue desvencilhar-se dele…

Adeus à inocência, de Drusilla Campbell: Madora tinha 17 anos quando Willis a “resgatou”. Distante da família e dos amigos, eles fugiram juntos e, por cinco anos, viveram sozinhos, em quase total isolamento, no meio do deserto da Califórnia. Até que ele sequestrou e aprisionou uma adolescente, não muito diferente do que Madora mesmo era, há alguns anos…
Então, quando todas as crenças e esperanças de Madora pareciam sem sentido — e o pavor de estar vivendo ao lado de um maníaco começava a fazê-la acordar —, Django, um garoto solitário, que não tinha mais nada a perder depois da morte trágica de seus pais, entrou em sua vida para trazê-la de volta à realidade. Quem sabe, juntos, Django, Madora e seu cachorro Foo consigam vislumbrar alguma cor por trás do vasto deserto que ajudou a apagar suas vidas?

A cidade dos segredos, de Sasha Gould: Laura foi enviada para o convento logo depois da morte de sua mãe. Passa a maior parte dos dias em silêncio, e, apesar de ser tolerante e obediente, no fundo da alma não consegue aceitar a ideia de viver ali para sempre. Uma noite, sem maiores explicações, Laura é informada de que seu pai a quer de volta em casa. Feliz da vida, ela começa a se preparar para rever sua irmã mais velha, Beatrice, que há algum tempo deixou de responder suas cartas. O que ela jamais imaginava era chegar durante o velório de Beatrice, que morreu em uma situação inexplicável. Agora, o pai de Laura ordena que ela se case com Vincenzo, noivo de Beatrice, um homem muito mais velho e de aparência repugnante. A sociedade Secreta faz um pacto com Laura e promete ajudá-la a se livrar de Vincenzo – e a descobrir quem matou Beatrice. Sem alternativas, Laura é obrigada a depositar todas as suas esperanças nas mãos dessas mulheres enigmáticas. Mas até que ponto se pode confiar na palavra de alguém?

O mundo pelos olhos de Bob, de James Bowen: Depois de um passado difícil, James foi adotado pelo gato Bob. Agora os dois têm um emprego de verdade (são vendedores ambulantes de revistas) e se tornaram personalidades conhecidas em toda Londres. Bob tem muitos admiradores, que passam todos os dias para vê-lo – alguns deles trazem cachecóis de lã para ajudá-lo a enfrentar os dias mais gelados. Entre truques adoráveis e manhãs de puro mau humor, Bob e James se tornam cada vez mais inseparáveis. Por trás da divertida história de um homem às voltas com seu animal de estimação, o segundo livro de James Bowen fala sobre amizade, ¬ delidade e esperança. Bob se torna a chave que traz James de volta ao mundo, a motivação que faltava para sua decisiva volta por cima. Impossível terminar de ler O mundo pelos olhos de Bob sem querer abraçar seu pet – ou adotar um! Apaixone-se…

Quando eu era Joe, de Keren David: Imagine o que é perder, em uma única noite, sua casa, seus amigos, Como é possível viver mentindo sobre todas as coisas? Sua escola e até mesmo o seu nome. Aos 14 anos, Ty presencia um crime bárbaro num parque de Londres. A partir desse momento, tudo muda para ele: a polícia o inclui no programa de proteção à testemunha, e Ty é obrigado a assumir uma vida diferente, em outra cidade. O menino ingênuo, tímido, que costumava ser a sombra do amigo Arron, matricula-se na nova escola como Joe… E Joe não poderia ser mais diferente de Ty: faz sucesso com as meninas, torna-se um corredor famoso… Joe é tão popular que acaba incomodando os encrenqueiros da escola. Ser Joe é bem melhor do que ser Ty. Mas, logo agora, quando ele finalmente parece ter se encaixado no mundo, os atentados e ameaças de morte contra sua família o obrigam a viver no anonimato, em fuga constante e sob a pressão de prestar depoimentos sobre uma noite que ele gostaria de esquecer. Um livro – de tirar o fôlego! – sobre coragem e sobre o peso das consequências do que fazemos.

A Sociedade dos Meninos Secretos, de Lev Ac Rosen: Chantagem, mistério, confusões de gênero, coelhos falantes e um assassino autômato: mergulhe na trajetória de Violet Adams, que assume a identidade de seu irmão gêmeo para conseguir uma vaga na mais prestigiada universidade de Londres, que é exclusiva para meninos. Inspirado em clássicos como Noite de reis, de Shakespeare, e A importância de ser honesto, de Oscar Wilde, SOCIEDADE DOS MENINOS GÊNIOS traça um retrato pitoresco e provocativo da aristocracia vitoriana, oferecendo diversão, aventura e uma reflexão bem-humorada sobre a questão do gênero.

E aí, se empolgaram com algum? Nenhum me encheu os olhos, mas eu estou curiosa com o “O Mundo Pelos Olhos de Bob” por que as pessoas falaram super bem do primeiro livro dessa série e pela sinopse o livro “Quando Eu Era Joe” é o tipo que eu gostaria de ler.

Resumo do Mês: Dezembro/2013

Feliz ano novo! 🙂

O mês terminou e eu estou aqui para contar pra vocês tudo o que aconteceu no meu mundo literário no mês de Dezembro. Confira abaixo os livros adquiridos, lidos e as resenha feitas:

Deixe a Neve Cair

capa deixe a neve cair

Sinopse: Na noite de Natal, uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos. Em Deixe a Neve Cair, bem sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera.

Li e fiz resenha aqui.

O Diário de Carson Phillip 

59. O Diário de Carson Phillips

Sinopse: Carson Phillips está – graças ao bom Deus – no último ano do colégio e prestes a realizar um dos maiores sonhos de sua vida: estudar jornalismo na Universidade de Northwestern e deixar a pequena cidade de Clover e sua família problemática para trás. Mas, para isso, precisa sobreviver ao último ano, parar de questionar a autoridade dos professores e do diretor e, o que é mais importante, convencer seus colegas a participar de uma revista literária, que ele acredita ser seu passe de entrada para a universidade. Como esperado, nenhum estudante – além de Malerie, sua fiel escudeira – se interessa em colaborar. E, já que ninguém vai por bem, Carson é obrigado a usar de meios um tanto reprováveis. Munido dos segredos obscuros dos alunos mais populares do colégio, Carson e Malerie iniciam uma caçada para conquistar colaboradores. Engraçado e inteligente, “O diário de Carson Phillips” mostra o dia a dia “das trincheiras” – como Carson chama os corredores do colégio – e traz à tona, de maneira espirituosa, as relações complexas, e muitas vezes hilárias, que acontecem dentro das escolas.

Já li e podem aguardar por que tem resenha em breve.

Minha Vida Fora de Série – 1ª Temporada

MINHA_VIDA_FORA_DE_SERIE_1313718149P2

Sinopse: Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar?
Aos poucos, Priscila percebe que o que importa não é o lugar, e sim as pessoas que vivem nele. E que, além da nova cidade, há algo mais importante para se conhecer: ela mesma.

Logo, logo sai a resenha.

Faça Seu Pedido

874-zoom_20130209112216

Sinopse: Kayla McHenry está tendo o pior aniversário de dezesseis anos da história! E não é só porque ela é diferente. Fica difícil se divertir quando você está apaixonada pelo namorado da sua melhor amiga. Na hora de assoprar as velinhas, Kayla faz um pedido: “Eu desejo que todos os meus desejos de aniversário se tornem realidade. Porque eles nunca se realizaram”.
Na manhã seguinte, ela acorda e vê um Meu Querido Pônei cor-de-rosa pastando em seu jardim. No dia seguinte, depara-se com um carregamento de chicletes de bolinha para um ano inteiro. E, então, um cara meio plastificado chamado Ken aparece e começa a segui-la por toda a cidade, a bordo de um conversível! A cada dia, um novo desejo se torna realidade. Mas… isso precisa parar. Porque, quando fez quinze anos, Kayla desejou ganhar um beijo de Ben Mackenzie… E Ben, agora, é nada menos que o namorado de sua melhor amiga! 

Li e fiz a resenha pra vocês, não esqueçam de conferir aqui.

A Canção de Aquiles

A-Canção-de-Aquiles-Ilíada-de-Homero-Madeline-Miller

Sinopse: Baseada na Ilíada, esta obra é uma reconstituição da épica Guerra de Troia. O tímido príncipe Pátroclo é exilado no reino de Fítia, onde cresce à sombra do rei Peleu e de seu extraordinário filho, Aquiles. Apesar de suas diferenças, os meninos logo se tornam companheiros inseparáveis. Os laços entre eles se aprofundam à medida que se tornam adolescentes e hábeis nas artes da guerra e da medicina – para desagrado e irritação da mãe de Aquiles, Tétis, uma cruel deusa marinha que odeia os mortais. Quando se espalha a notícia de que Helena de Esparta foi raptada, os homens da Grécia, ligados por um juramento de sangue, têm de partir para invadir Troia e salvar Helena. Seduzido pela promessa de um destino glorioso, Aquiles junta-se à causa. Pátroclo, dividido entre o afeto e o temor por seu amigo, acompanha-o. Mal sabem eles que os deuses do destino os colocarão à prova como nunca antes, exigindo deles um terrível sacrifício.

Impossível não se apaixonar por essa capa e por essa sinopse, casa tenham o interesse podem encontrar o 1º capítulo divulgado pela editora Jangada aqui, ainda não comecei a ler, mas aposto que é incrível.

O Piso Rouxinol

A_SAGA_OTORI__O_PISO_ROUXINOL_1231280023P

Sinopse: Em sua fortaleza de muralhas escuras, o senhor e assassino Iida Sadamu observa seu famoso piso-rouxinol. Construído com grande perícia, essa piso canta a cada passo de quem tente atravessá-lo. Nenhum ser humano consegue passar por ele sem ser ouvido. Mas, num remoto povoado das montanhas, na parte alta das terras vastas e antigas dos Três Países, mora um menino fora do comum. Ele ainda está por descobrir sua verdadeira identidade e o grande mistério que lhe confere o poder destruir as ambições assassinas de Iida. Criado entre os Ocultos, povo isolado e voltado para o desenvolvimento da mente, Takeo conhece apenas os caminhos da paz. No entanto, ele tem os dons sobrenaturais da Tribo – uma audição extraordinária, a capacidade de estar em dois lugares ao mesmo tempo, o poder de se tornar invisível. Quando sua vida é salva pelo misterioso Senhor Otori Shigeru, Takeo inicia a jornada que o levará ao encontro de seu destino, no interior das muralhas de Inuyama. Em seu trajeto ele irá conhecer vingança e traição, honra e lealdade, beleza e magia, além da avassaladora paixão amorosa. O piso-rouxinol, o primeiro livro da trilogia A saga Otori, é uma história vigorosa, uma extraordinária obra de ficção, de magnitude épica e de brilhante imaginação. O mundo mítico dos Otori é inesquecível.

Foi amor a primeira vista, quando bati os olhos na lombada desse livro na livraria comecei a desejá-lo, fiquei receosa em comprar por nunca ter ouvido falar nele, mas voltei pra casa só pra conferir as resenhas e depois voltei pra buscar, não podia estar mais louca pra começar uma leitura.

O Clã dos Dragões

984-zoom_20130923115235

Sinopse: Nos tempos antigos, o reino de Noridium era governado pelos temíveis Dragões Negros. Durante séculos, na fria região de Caldia, circularam lendas sobre a Bruxa do Gelo, que seria a descendente cruel e imortal dessas criaturas. Porém, tais lendas se tornarão realidade para a adolescente Nonna e para seu protetor, o urso polar de estimação, Fenris. Depois de ver sua aldeia atacada e destruída, ela é forçada a deixar sua casa e sua vida para trás. Os rumores de que os deuses antigos voltaram à Terra aumentam a cada dia, e tudo começa a mudar. O grande temor é de que o Clã dos Dragões recupere seu domínio. Nonna se vê, então, em meio a uma luta pelo poder, e ameaçada por um grande mal. Ao procurar defender-se, descobre mais sobre seus ancestrais, mas percebe que está mais envolvida com o futuro do reino do que poderia imaginar.

Essa é a minha leitura atual, espero poder contar o que achei num futuro próximo.

Resumindo:

Comprados -> 7

Lidos -> 4

Resenhados -> 2

O post ficou meio grande, mas eu espero que vocês tenham gostado de saber o que se passou no meu mês, contem sobre como foi Dezembro para vocês nos comentários, eu vou adorar saber.